O Que Você Precisa Saber Antes de Comprar Uma Joia de Prata

Se você ama acessórios de prata mas sempre acaba se decepcionando com peças que acabam no lixo de tão escuras que ficam, temos informações sobre esse tipo de jóias, que te ajudarão a conhecer os produtos que você anda comprando. 

No mercado existe uma infinidade de produtos que se apresentam como sendo de prata, como também existem vários tipos de prata disponíveis no mercado. Essa informação muitas das vezes é desconhecida pela maioria das pessoas, que acham que prata é prata e não existem variações que determinam sua qualidade.

Conhecer o que você está comprando e entender a descrição de um produto ou quando um vendedor falar sobre um determinado tipo de prata é de suma importância para que você avalie se vale a pena o produto que você está levando e faça uma compra mais certeira.

Joias de prata

A Verdade Sobre as Joias de Prata

As jóias em prata são uma excelente opção, pela sua durabilidade e beleza, quando de qualidade, e quando cuidados como guardá-las separado de outras jóias, e manutenções de limpeza são feitas corretamente.

A prata utilizada para a fabricação das joias disponível no mercado é  uma mistura de prata com algum outro metal, por isso é considerada uma liga. Esses materiais empregados na fabricação da peça é que vão determinar a qualidade dessas jóias e o seu resultado final. Geralmente a identificação do tipo de prata vêm marcadas nas peças e são facilmente encontradas por qualquer pessoa. A prata pura, ou seja, 100% e sem nenhuma mistura, não costuma ser utilizada para a fabricação de joias, por serem difíceis de trabalhar e a mistura com outros metais é importante para que se mantenha a durabilidade das peças.

Tipos de Prata Existentes no Mercado

Vamos listar aqui os principais tipos de prata utilizadas para a fabricação de joias, na ordem decrescente de valor, são elas:

  • Prata 999, a prata fina

Também conhecida como prata 1000, é a forma mais pura de prata comercializada em jóias, ela possui 99,9% de pureza e 0,1% apenas de outro elemento na mistura. É de um brilho fino e extremamente intenso, mais brilhante do que os outros tipos de prata. 

A prata fina é mais sujeita a arranhões e amassados, por ser muito macia. As peças que mais sofrem com esse tipo de prata são os anéis e pulseiras, por serem mais sensíveis. Este tipo de prata é mais indicada para os colares e brincos.

  • Prata 925, a prata de lei

Também conhecida como prata esterlina, é a prata mais comercializada no mercado internacional e no Brasil. É uma mistura de 92,5% de prata e 7,5% de algum outro metal, onde o cobre é muito utilizado. O cobre faz com que a peça se torne mais resistente e mais durável. Também favorecem nos quesitos brilho e cor das peças.

A cor da prata 925 é muito parecida com o ouro branco.O aparecimento de manchas neste tipo de prata são muito comuns, inclusive em peças que não são usadas com frequência. Costuma-se utilizar um banho de ródio nas peças de prata 925 para evitar que essas peças se manchem, porém, este tratamento encarece as jóias, e não é amplamente utilizado.

O selo de qualidade desse tipo de peça deve esta sempre presente, para garantir a sua originalidade e apresentam-se como 925 ou 925 STG.

  • Prata 900

Muito parecida com a prata 925, a diferença está na quantidade de prata utilizada, que é 95% e 5% de outros materiais em sua composição. É uma prata ainda mais pura e tende a escurecer mais que a prata 925, mas os casos de escurecimentos, que são uma reação natural, podem ser resolvidos com produtos específicos, utilizados para este fim.

  • Prata Argentium

É uma prata mais cara e mais difícil de ser encontrada. As manchas são menos comum neste tipo de jóia, pois a liga é feita com germânio, que a torna muito resistente e protegida, por ser um metal mais duro. 

Os cuidados e manutenções para esse tipo de prata podem ser menos frequentes. Seu selo de qualidade é o mesmo da prata 925.

  • Prata 90

É utilizada para banhar joias e objetos em metais, como cobre, aço e latão, fazendo com que esses materiais se conservem e preservem sua forma original.

Materiais Populares Confundidos com Prata

  • Peças banhadas à prata

São acessórios com valores mais acessíveis e com uma quantidade de prata muito baixa, pois recebem apenas um banho superficial. Existem banhos de qualidade, mas a durabilidade das peças costuma ser menor. Com o tempo essa camada de prata se desgasta, expondo o material interior.

  • Níquel Prata

Não se engane, o nome prata é só para descrever a cor da peça, pois não há nenhuma quantidade de prata nestas peças, que são feitas em níquel. O níquel é um material que costuma dar alergia em algumas pessoas.

  • Prata Tibetana, Tailandesa, Bali, Tribal ou Mexicana

Esses tipos de prata são produzidos pelos países que levam seus nomes, porém, se não tiverem o selo de prata 925 a qualidade pode ser duvidosa, e nem conter prata nas peças.

O Que Fazer Quando a Prata Escurecer?

Uma dica simples é usar uma mistura de bicarbonato, detergente, de preferência neutro, e sal. Misture bem e limpe a sua peça com essa mistura. Se você preferir, também pode utilizar uma flanela macia com um produto próprio para a limpeza dessas peças, os chamados limpa prata.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *